Spred, SGPS, SA

Spred, SGPS, SA

A Spred está vocacionada para:

Refrigeração, AVAC e Manutenção;
• Energia;
• Participações Financeiras.

 

Refrigeração, AVAC e Manutenção

A Spred detém uma participação de 70% no capital da Sistavac, SGPS, SA, sendo os remanescentes 30% detidos pela Johnson Controls, Inc.

A actividade do Grupo Sistavac, divide-se em quatro áreas de negócio:

• Projectos de Engenharia e soluções de refrigeração comercial;
• Concepção, coordenação e execução de instalações de ar condicionado, ventilação e instalações eléctricas associadas;
• Serviços de manutenção e assistência técnica;
• Distribuição de equipamentos de aquecimento, refrigeração e ar condicionado.

O Grupo Sistavac marca também presença em Espanha, nomeadamente nas soluções de refrigeração comercial e AVAC, e no Brasil, onde desenvolve projectos sobretudo na área de refrigeração.

 

Energia 

Os negócios relacionados com a Energia representam o compromisso da Sonae Capital em crescer nestas áreas de actividade. Neste sentido, a Sonae Capital adquiriu em Setembro de 2009, a totalidade do capital social da sociedade Ecociclo II – Energias, SA, uma empresa que detém e explora (desde Junho de 2009) uma central de cogeração em ciclo combinado com base em turbina a gás natural com 6,3 MW de capacidade eléctrica instalada, situada no Parque de Negócios das Empresas Sonae na Maia, que produz simultaneamente energia eléctrica (para venda ao Sistema Eléctrico Público ao abrigo da legislação em vigor) e energia térmica.

 

 

Participações Financeiras

A Sonae Capital assume a gestão de participações financeiras de entre as quais se destaca a participação no capital da Norscut – Concessionária de Auto-Estradas

A Norscut foi constituída em Dezembro de 2000, detendo a concessão da concepção, projecto, construção, aumento do número de vias, financiamento, exploração e conservação em regime de portagem sem cobrança aos utilizadores (SCUT) dos lanços de auto-estradas e conjuntos viários associados no Interior Norte. A concessão foi atribuída por um período de 30 anos, com início em 2001, e tem por objecto a auto-estrada entre Viseu (IP5) e Chaves (fronteira), num total de 156,4 Km divididos por sete lanços. No final do período da concessão, os bens directamente relacionados com a actividade concessionada revertem para o Estado, sem qualquer compensação.

A auto-estrada foi integralmente concluída em Junho de 2007, data em que foi inaugurado o último troço (Vila Real/Vila Pouca de Aguiar). Actualmente, a Sonae Capital detém uma participação de 36% na Norscut, através da sua participada Contacto – Concessões, SGPS, SA. São também accionistas da Norscut a Eiffage SA e respectivas participadas (participação actual de 36%), a CNCE, SA (18%) e a Egis Projects, SA sociedade do grupo francês Egis (10%). Mais informações em: http://www.norscut.com

A Operscut foi criada para prestar serviços de operação e manutenção dos diversos lanços da auto-estrada que liga Viseu à fronteira de Chaves, concessionada à Norscut, sua única cliente, com quem celebrou um contrato por todo o prazo da concessão. Os accionistas da Operscut são também, para além da Sonae Capital, com 15%, o Grupo Eiffage (Eiffage SA com 15%) e o Grupo Egis, com 70%.

 

 

Mapa do Site © SONAE CAPITAL 2007